Inbound Marketing para venda de seguro de vida: nicho em crescimento

Inbound Marketing para venda de seguro de vida: nicho em crescimento

Cada nicho de mercado possui as suas peculiaridades, e temos certeza de que isso não é novidade para você. Os públicos são distintos, o modus operandi das equipes também e, ainda, a forma de “fazer acontecer” — ou seja, atrair clientes, vender e gerar mais lucros. 

No caso do mercado securitário, a história é a mesma. E, na última década, com os adventos tecnológicos e a brusca mudança de complexidade do comportamento do consumidor, alguns pontos tradicionais na forma de vender seguros foram atingidos. Principalmente -se em consideração a grande competitividade do segmento. 

É fato que, para vender seguros — especialmente o de vida, que é mais delicado —, a técnica ainda mais comum é o olho no olho, o relacionamento direto que tanto parece nos passar confiança. No entanto, é preciso se adaptar às “novidades”, como as redes sociais e blogs.

Nesse sentido, as estratégias digitais se destacam, como o inbound marketing. Por isso, preparamos esse artigo: para que você entenda como o marketing tem se tornado cada vez mais importante para alavancar as vendas de seguro de vida. Vamos lá? 

O que é o inbound marketing? 

Antes de mais nada, o que é o inbound marketing, afinal, e por que fala-se tanto sobre essa estratégia atualmente (para os mais variados tipos de mercado)?

Também conhecida como “marketing de atração”, essa estratégia do marketing digital veio para mudar o conceito da divulgação invasiva e ativa de produtos frente ao público. A premissa é simples: em vez de seguir os padrões da publicidade tradicional, a busca é por gerar conteúdo relevante, que faça com que seu potencial cliente chegue até você por meio de seu interesse próprio. 

O inbound marketing, portanto, diz respeito a um conjunto de estratégias. Podemos citar aqui, principalmente: conteúdos em formato de blogposts (ou seja, é necessário ter um blog vinculado ao seu site), materiais ricos (mais específicos, como e-books ou audiobooks) e e-mail marketing. 

O fato de que o marketing de atração é predominantemente digital e traz até você o seu potencial público faz com que ele apresente uma série de vantagens para os mais diversos segmentos. Veja algumas delas abaixo: 

  • alcançar o público ideal para o seu negócio (público qualificado);
  • estabelecer relacionamentos mais próximos (e isso é fundamental para o mercado securitário, não é?);
  • diminuição de custos com divulgação (ainda que haja um investimento, ele é consideravelmente menos salgado que estratégias de publicidade offline, por exemplo);
  • simplificação do ciclo de vendas (ou seja, a venda costuma ser mais direta a partir desse tipo de estratégia);
  • acompanhamento de resultados em tempo real (a partir das ferramentas online utilizadas). 

E esses são apenas alguns dos pontos positivos. Abaixo, vamos te contar um pouquinho mais sobre como essas estratégias se aplicam especificamente à venda de seguros de vida. 

Como vender seguros de vida com o inbound marketing? 

É fato que a venda do seguro de vida ainda funciona predominantemente no boca a boca e no aperto de mão, ou seja, seguindo uma estratégia de relacionamento bastante tradicional. Ainda que isso possa ser funcional, é de suma importância se adaptar à realidade de mercado — adquirindo a confiança de seu público potencial também no ambiente online. 

Mas essa “virada de chave” não se deve apenas a uma simples adaptação. Na verdade, o inbound marketing é extremamente funcional para a venda de seguros de vida, e o nicho não para de crescer. Já te mostramos diversos benefícios da aderência ao marketing de atração. Agora, vamos te mostrar um pouquinho sobre como fazer isso. 

Régua de relacionamento 

Para vender seguros de vida a partir do inbound marketing, é fundamental que a sua régua de relacionamento (ou seja, o conjunto de ações focadas no cliente) seja específica. Isso deve variar conforme o valor ou modalidade do seguro. Em alguns casos, ela precisará ser mais longa e densa. Em outros, mais curta e simples, direto ao ponto — o que encurta, também, o ciclo de venda. 

Não se esqueça, no entanto, da importância de uma agência digital ou empresa de tecnologia que seja especializada no mercado securitário para lhe auxiliar com essas ferramentas e especificidades. Apesar de ser um assunto acessível, a temática de estratégias digitais é mais complexa do que parece — e está em constante mudança. 

Conteúdo personalizado

É preciso entender que, ainda que exista alguma homogeneidade no seu público potencial, existem diferenças primordiais entre aqueles que se interessam por seu produto — principalmente tratando-se da variedade de modalidades em seguros. No caso da criação de conteúdo relevante, portanto, é fundamental que os materiais sejam variados e personalizados, dependendo da necessidade de cada cliente. 

Por exemplo: você pode desenvolver conteúdos para o blog que sejam mais gerais e simples, como sobre segurança pública e o que torna um seguro de vida tão imprescindível. No caso de assuntos mais densos e específicos, crie um material rico personalizado, como sobre terminologias específicas de apólices. 

E então, deu para perceber como o inbound marketing pode lhe auxiliar na venda de seguros de vida? Não se esqueça da importância de educar o seu potencial consumidor sobre a importância do produto que você oferece e estabeleça com ele um relacionamento duradouro e de confiança. 

Se gostou do conteúdo, continue com a gente e leia mais sobre como a sua corretora pode se destacar com estratégias de markerting. Até a próxima!